terça-feira, 13 de maio de 2014

Saudades de Patrícia Esber



Há coisas em nossas vidas que não têm explicação.
Uma delas é a afinidade, os laços que criamos com algumas pessoas. Não falo de família, pois esta a gente ama, briga, discorda, mas sempre será nossa e dela faremos parte.
Mas como explicar laços de amizades com pessoas que, nem sabíamos que existiam?
Eu fiz amizades miojo, do tipo instantâneas; que assim como começaram também terminaram. Tive amizades que pensei serem fiéis, mas no final só eram verdadeiras da minha parte. Tenho amigos que fiz desde infância e que, por razões que só a vida cheia de acontecimentos, seguiram rumos diferentes e, graças à internet, consegui reencontrar. Também tenho amigos que fiz através desse meio de comunicação e que fazem parte da minha vida em muitos momentos e sentidos.

E foi através do mundo virtual que pude conversar pela última vez com uma das melhores pessoas que já conheci em toda a minha vida.
Há 5 anos, pude conversar com a minha querida amiga Patrícia Esber como vínhamos fazendo há alguns anos.
Tanta coisa para se dizer, tantos planos para realizar, tanta vida para se viver.
Saudade de você, minha doce e querida amiga.
Ainda que eu não diga todos os dias, saiba que é o que sinto a cada momento, assim como a desejo frustrado de poder ter feito algo que mudasse o que aconteceu. Que os anjos estejam fazendo o que eu não posso, que é aproveitar a companhia de alguém tão querido e especial como você!
Tania Lima

Um comentário:

Vanessa Lima disse...

Linda essa amizade tão verdadeira, parabéns...